Agende uma consulta
  • captcha

Vasectomia – O que devo saber antes de operar?

Vasectomia
O objetivo desse texto é esclarecer as 10 principais dúvidas relacionadas a Vasectomia:

1) O que é vasectomia? Como isso funciona ?

Vasectomia é uma cirurgia realizada com objetivo de esterilização masculina , ou seja , evitar a gravidez. O procedimento se baseia em impedir que o espermatozóide ( produzido no testículo ) saia na ejaculação durante a relaçao sexual.

Os espermatozóides são produzidos nos testículos e conduzidos através de dois tubos chamados ductos deferentes até próstata e vesicula seminal onde se misturam com líquido produzido por essas formando o esperma ou semen.

A vasectomia bloqueia cada um desses ductos e com isso evita que o espermatozóide saia no líquido da ejaculação. Sem espermatozóide nesse líquido não há como engravidar. A taxa de sucesso desse procedimento é superior a 99%.

2) Como é realizada a cirurgia ?

A vasectomia é uma cirurgia simples sendo normalmente realizada com anestesia local com ou sem sedação.

Na sala de cirurgia , é feita uma aplicação com anestésico local e uma pequena incisão ( corte) de 1 cm em cada lado da bolsa escrotal . O urologista isola manualmente o ducto deferente , faz um corte no mesmo e a seguir obstrui a passagem do espermatozoide através de pontos e interposição de tecido conjuntivo. Finaliza o procedimento suturando o pequeno corte na pele.

Normalmente a vasectomia é realizada em 20-30 minutos e ao final do procedimento, o paciente recebe alta do hospital podendo ir para casa ou para o trabalho.

3) Posso fazer vasectomia no consultório ou devo ir a um Hospital ?

Para realizar o procedimento o urologista deve estar em um ambiente limpo , com materiais cirúrgicos estéreis para evitar infecção sendo conveniente equipamento de anestesia se necessário for.

Na prática é possível realizar a vasectomia em ambos os lugares desde que tenha correta infra – estrutura.

4) Como fica a ejaculação após a vasectomia?

O homem continua ejaculando normalmente após a vasectomia porém não ejacula mais espermatozóide , apenas líquido seminal .

Os espermatozóides continuam sendo produzidos mas ao invés de serem eliminados são absorvidos pelo corpo .

5) Quais são as recomendações após a cirurgia?

Analgesia

  • Terminada a vasectomia o paciente fica com o escroto anestesiado por 1-2 horas .
  • Após esse período é importante o uso de medicações analgésicas ( para tirar a dor) .

Cuidados locais

  • Aplicação de gelo sobre as incisões no dia no procedimento.
  • Higiene diária das incisões com água e sabonete.
  • Curativo protetor das incisões por 2-3 dias.

Atividade Sexual

  • Evitar relação sexual por 1 semana após o procedimento
  • Estima-se que somente depois de 10 -20 ejaculações após a cirurgia de vasectomia é que o esperma não contém mais espermatozóides por isso é de fundamental importância usar outro método para evitar gravidez até se certificar de que não há espermatozóides no esperma. Isso é feito através do exame de espermograma a ser realizado em 2 meses pós operatório.

6) Quais são as complicações possíveis da vasectomia?

É muito raro ocorrer complicações relacionadas a vasectomia. As principais são : saida de secreção serosa pelo corte com risco de infecção , hematoma e orquiepididimite.

7) A quem está indicada vasectomia ?

Vasectomia é um método definitivo para evitar gravidez por isso normalmente é indicada a homens com casamento estável já com filhos .
Para ser aceito no sistema público, o homem deve ter no mínimo 25 anos e dois filhos vivos.

8) É possível ter filhos após vasectomia?

Aproximadamente 5% dos homens desejam ter filhos após a vasectomia , normalmente após divórcio e novo relacionamento.

Para esses existem duas possibilidades :

Reversão da vasectomia
Cirurgia delicada de re-conexão do ducto deferente . Apresenta taxa de sucesso ( gravidez) em torno de 70 % se realizada em até 3 anos da vasectomia e de menos de 30% após 15 anos.

Reprodução assistida
Captura do espermatozóide do testículo ou do epidídimo e posterior fecundação do óvulo por técnicas assistidas ( Inseminação intra-uterina, Fertilização in vitro e ICSI)

9) Mitos sobre a vasectomia

Os dois principais mitos relacionados a vasectomia são relacionados a Disfunção Erétil ( “Impotência”) e a Doença Sexualmente Transmissível ( DST).

Vasectomia e Disfunção Erétil:
Vasectomia NÃO interfere na ereção do homem nem na produção de hormônio masculino.

Vasectomia e DSTs:
Vasectomia não previne contra Doenças Sexualmente transmissíveis . Nos casos de risco recomenda-se o uso de camisinha.

10) Qual é melhor Vasectomia ou Laqueadura?

Tanto a vasectomia quanto a laqueadura são procedimentos bastante eficientes em evitar a gravidez.
A vasectomia é um procedimento mais simples e menos invasivo com menor dor no pós operatório e menor tempo de recuperação .Isso não significa que é o mais adequado para todos os pacientes.
Características individuais de cada paciente + informação sobre cada método para evitar a gravidez devem nortear a decisão do homem /casal.
Aos interessados em realizar a vasectomia recomendo que procurem um Urologista para correto esclarecimento das dúvidas antes do procedimento.