Agende uma consulta
  • captcha

Prostatectomia Radical Videolaparoscópica

Cirurgia Laparoscópica

Por Dr. Fábio Ortega CRM: 112039
Urologista pela USP
Leia mais: currículo e contato do médico clicando aqui.

LEIA O TEXTO ABAIXO E EM CASO DE DÚVIDA ENVIE UM E-MAIL AOS MÉDICOS DO INSTITUTO ABATHON CLICANDO EM “CONTATO”.

A Prostatectomia Videolaparoscópica é o nome dado a cirurgia de retirada da próstata e vesícula seminal através da laparoscopia. (leia mais sobre laparoscopia clicando aqui).

O procedimento é realizado com distensão do abdome com gás permitindo a movimentação de pinças no interior da cavidade abdominal. Essas pinças são introduzidas através de pequenas incisões (cortes) e são manipuladas diretamente pelo cirurgião.

Esse procedimento foi feito pela primeira vez em 1991 nos Estados Unidos, mas foi aprimorado no Institut Mutualiste Montsouris – Paris – França no final da década de 90.

O acesso permite a introdução da câmera de vídeo (endoscópio) e visibilizar estruturas dificilmente vistas na cirurgia aberta e com melhor definição de detalhes.

Além disso, a realização do procedimento por meio de pequenas incisões (0,5 a 1 cm) resulta em algumas vantagens em relação a cirurgia aberta:

  • Menor dor no pós operatório
  • Menor incidência de infecção
  • Menor perda de sangue
  • Menor incidência de Hérnia incisional
  • Recuperação mais rápida
  • Regresso mais rápido a atividade profissional
  • Cicatriz cirúrgica menos visível (vantagem estética)

 

As desvantagens da cirurgia videolaparoscópica em relação a cirurgia aberta são:

  • Necessidade de treinamento específico do cirurgião
  • Sensação táctil menor que cirurgia aberta
  • Custo ($)
  • A cirurgia minimamente invasiva (videolaparoscópica e robótica) estão aumentando em todo o mundo, é importante destacar que não são todos os cirurgiões habilitados para realizá-las.