Agende uma consulta
  • captcha

Por que não emagreço?

Por que não emagreço ?

 

Nos últimos anos a preocupação com o peso deixou de ser um problema estético. Atualmente com o numero de pessoas com sobrepeso ou obesidade aumentou assustadoramente. Dados estatísticos de 2005, da Organização Mundial da Saúde (OMS), apontam que cerca de 1,6 bilhão de pessoas no mundo (com idade superior a 15 anos) estão com sobrepeso – 26% da população mundial – e, pelo menos, 400 milhões de adultos são obesos (6,5%). A OMS avalia que em 2015 aproximadamente 2,3 bilhões de adultos estarão com sobrepeso e mais de 700 milhões, obesos.

Isso pode trazer grandes riscos a saúde bem como varias complicações especificas, como por exemplo, a Diabetes Mellitus, Hipertensão Arterial, dislipidemia (elevação de gordura no sangue), doenças articulares, estêatose hepática (infiltração de gordura no fígado), doenças no coração como outras.

Existem evidencias de que havendo controle alimentar, atividade física regular e mudanças no comportamento, são suficientemente efetivas para o controle e perda de peso corporal. E existem outras maneiras de se atingir o emagrecimento adequado, como através do equilíbrio de nutrientes, ação medicamentosa, e até a cirurgia bariátrica.

Mas mesmo com todos estes tipos de tratamento e cuidados, muitas pessoas queixam-se de não perder peso o suficiente ou não o manter.  A queixa principal é de não conseguir ficar preso em uma dieta ou restrição alimentar por muito tempo. Por que isso acontece? Porque somos corpo e mente. Temos motivações inconscientes que não sabemos, e por não sabermos lidar acabamos comendo sem perceber. Usamos isso como mecanismo de defesa dessa coisa que não sabemos o que é.

Não estamos acostumados a lidar com nossas emoções, e sim engoli-las, como por exemplo, quando alguém nos fala algo que nos entristece, quando temos que “engolir sapos” no trabalho. Sentimentos de frustração, angústia, raiva, crenças negativas sobre si mesmo também nos levam a este comportamento. Usamos a comida como motivo para tudo, seja para comemorar, consolar tristeza, TPM, agradar, e etc.

É necessário que nos voltemos mais para nossos sentimentos, para que possamos nomear o que estamos sentindo: raiva, tristeza, inferioridade, ciúmes, medo. E então perceber o que nos gera ansiedade e assim poder controlar nossos impulsos para comer, beliscar.