Agende uma consulta
  • captcha

Lesão do Menisco

Os meniscos são uma estrutura fibrocartolaginosa, em forma de C, localizados na articulação do joelho, entre a superfície articular superior da tíbia e a superfície articular dos côndilos do fêmur. Cada joelho possui 2 meniscos: o menisco medial (interno) e o menisco lateral (externo). Exercem importantes funções nos joelhos, agindo como “amortecedores” e auxiliando na estabilização da articulação do joelho.

A lesão meniscal é uma das patologias mais frequentes nos joelhos. Pode ser de origem traumática, degenerativa ou de ambas e geralmente pode estar associada a outras lesões, como lesões ligamentares e condrais. Traumas diretos ou indiretos (torcionais) relacionados à prática esportiva estão entre as principais causas.

Os principais sintomas são: dor, inchaço, rigidez e bloqueio articular.

Além do exame clínico, a utilização de exames de imagem como a radiografia dos joelho e a ressonância magnética auxiliam no diagnóstico.

O tratamento depende de alguns fatores como idade do paciente, localização da lesão, tempo de lesão, tipo de lesão e lesões associadas. O principal objetivo do tratamento e tentar preservar o máximo de menisco possível.

O tratamento conservador ou não cirúrgico é realizado em alguns casos e consiste na realização de repouso articular na fase inicial e fisioterapia para melhora da função da articulação.

O tratamento cirúrgico geralmente e realizado por artroscopia (vídeo) da articulação e os principias procedimentos realizados são a meniscectomia (resseca uma parte do menisco) e a meniscorrafia (sutura do menisco), além do tratamento das lesões associadas.