Agende uma consulta
  • captcha

Laparoscopia e Cirurgia Laparoscópica

Laparos vem do grego e significa abdomen e escopia significa olhar Laparoscopia significa olhar dentro da cavidade abdominal. Esse termo é usado para definir o procedimento minimamente invasivo normalmente usado para diagnóstico pelo qual o cirurgião, através de uma pequena incisão, que, em muitos casos tem apenas alguns milímetros de comprimento, introduz um longo e estreito tubo com uma câmera em sua ponta, chamado Endoscópio.

Previamente a essa introdução, a cavidade abdominal é distendida com CO2 – gás carbônico através de um dispositivo chamado insuflador, que informa o volume e pressão do gás no interior da cavidade permitindo ao cirurgião o controle da quantidade correta de gás a ser usado.

A função desse gás é separar os orgãos possibilitando a introdução e movimentação do endoscópio e/ou pinças cirúrgicas com segurança.

Completada essa etapa de distenção da cavidade abdominal, o endoscópio é introduzido e as imagens são projetadas nos monitores da sala de cirurgia de maneira que o cirurgião consegue enxergar a area cirúrgica com clareza e aumento de até 10 x.

O cirurgião utiliza desse procedimento chamado Laparoscopia apenas para identificar a causa de alguma anormalidade, dores abdominais ou pélvicas não esclarecidas pela avaliação clínica e outros meios diagnósticos.

Para realizar o tratamento, o medico pode utilizar dessa visao do interior da cavidade (laparoscopia) e realizar a cirurgia através de pinças a serem introduzidas por outras pequenas incisões- trata-se da Cirugia Laparoscópica ou Cirurgia por vídeo.

Os Procedimentos Urológicos que podem ser realizados por meio de Cirurgia Laparoscópica são:

  • Câncer de Próstata – Prostatectomia Radical Laparoscópica
  • Hiperplasia Prostática Benigna- Prostatectomia Laparoscópica Simples
  • Câncer de Bexiga- Cistectomia Radical, Cistectomia Parcial
  • Câncer de Rim – Nefrectomia Radical, Nefrectomia Parcial, Crioablação e Nefroureterectomia
  • Câncer de Adrenal – Adrenalectomia Laparoscópica
  • Estenose de JUP – Pieloplastia ( Correção de Estenose de JUP)
  • Refluxo Vésico- Ureterais – Reimplantes Ureterais
  • Cistos Renais- Unroofing laparoscópico
  • Câncer de testículo- Linfadenectomia retroperitoneal laparoscópica
  • Doenças renais benignas- Nefrectomia Simples
  • Cirurgias Pediatricas

Todos esses procedimentos são diferentes da cirurgia convencional porque não utilizam grandes incisões como via de acesso e, por normalmente afetar menos tecidos, a Cirurgia Laparoscópica apresenta as seguintes vantagens:

  • Menor dor no pós operatório
  • Menor incidência de infecção
  • Menor perda de sangue
  • Menor incidência de hernia incisional ( hernia através da incisão)
  • Recuperação geral mais rápida
  • Regresso mais rápido a atividade profissional
  • Cicatriz cirúrgica menos visível. ( Vantagem Estética)

Por todas essas vantagens os tratamentos minimamente invasivos, nos quais estão inclusas as cirurgias laparoscópicas estão aumentando radicalmente em todo mundo, entretanto é importante destacar que ainda não estão indicados para todos os casos cirúrgicos e que não são todos os cirurgiões habilitados para realizá-los.