Agende uma consulta
  • captcha

Inseminação Intra-Uterina, quando deverá ser realizada?

Inseminação

Um número cada vez maior de casais enfrenta dificuldade para engravidar e ter seus filhos. A infertilidade é causada por diversos motivos e há diferentes opçoes de tratamento, como por exemplo,relaçao sexual programada, inseminaçao intra-uterina e fertizaçao in-vitro. A Relação Sexual Programada consiste em um acompanhamento ultrassonográfico (cerca de dois a três exames por ciclo menstrual) somado ao uso ou não de medicações para se induzir ovulação. Dessa forma, é possível se identificar o momento ideal para se deflagrar a ovulação e indicar as datas corretas para se ter relação sexual. A inseminação intrauterina consiste na introdução de sêmen do parceiro dentro da cavidade endometrial da mulher (dentro do útero) e deve ser realizada durante o período de ovulaçao. O sêmen deverá passar por um procedimento que melhora sua qualidade e assim aumenta a chance de fertilizar o óvulo e assim, gerar um embrião. Para que este procedimento ofereça maior chance de gestação, o ciclo menstrual deverá ser acompanhado através de ultrasom-transvaginal realizado de modo seriado, ou seja, de dois a três exames no mês. Dessa forma, é possível identificar o momento ideal para se deflagrar a ovulação e realizar a inseminação. Essa técnica apenas oferece maiores chances de gravidez do que a relação sexual programada se a qualidade do sêmen, avaliada através de um espermograma, não for tão boa. Se após a avaliação do casal, realizada por médico especialista em reproduçao humana, identificar-se qualidade de sêmen normal e ciclos menstruais ovulatórios, a inseminaçao intrauterina não ofereçerá maiores chances de gestação do que a relaçao sexual programada, ou mesmo, do que ter relações sexuais sem nenhum acompanhamento médico. Se você e seu parceiro(a) estão com dificuldade para engravidar ou com dúvidas em relação a sua fertilidade, conversem com um especialista em reproduçao assistida.

Dr. Luiz Fernando de Oliveira Henrique