Agende uma consulta
  • captcha

Incontinência Urinária

A incontinência urinária é definida pela Sociedade International de Continência como “a queixa de qualquer perda involuntária de urina”.  Ela é uma afecção que pode restringir severamente doentes em suas atividades diárias e vida social e é cada vez mais comum com o envelhecimento populacional. Estima-se que 50% dos pacientes em casa de repouso e 25% das mulheres acima de 65 anos apresentem o problema.

A perda urinária é um sintoma , logo é de fundamental importância a identificação da  causa do problema para a definição correta do tratamento a ser seguido.
Dentre as causas mais comuns podemos destacar : infecções urinárias e vaginais, medicações,  bexiga hiperativa, incontinência urinária de esforço, cirurgia de órgãos pélvicos, deficiência esfincteriana, doenças que acometem nervos e músculos, bexiga do idoso.

O diagnóstico é obtido com história clínica detalhada , exame físico e exames adicionais ( exame de urina, estudo urodinâmico, ultrassom de vias urinárias, cistoscopia ).

O tratamento inclui uso de medicações , fisioterapia e cirurgia a depender da causa e deve ser sempre individualizado para cada paciente.
Urologistas e Ginecologistas( em caso de mulheres)  estão aptos a tratar esse problema.