Agende uma consulta
  • captcha

Câncer de Mama

Como prevenir o câncer do mama?

O câncer de mama é o câncer ginecológico mais comum nas mulheres sendo a principal causa de morte em mulheres de 35 a 55 anos de idade. Por essa razão é muito importante que as mulheres tenham conhecimento das “medidas que podem diminuir o risco do câncer de mama” e também o que deve ser feito para que, na presença do tumor, o seu diagnóstico ocorra nas fases iniciais da doença (Detecção precoce), com maiores chances de cura e menores complicações com o tratamento. Apesar de ser um tumor maligno, o câncer de mama é uma doença curável se for detectado precocemente.

Medidas que você pode tomar para diminuir o risco de câncer de mama:

Controlar o peso: Sobrepeso ou obesidade aumentam o risco de desenvolver câncer de mama, em especial se este ganho de peso ocorre após a menopausa.

Diminuir ingesta de álcool: a ingestão de álcool esta associada a um aumento no risco de câncer de mama. Há uma relação dose-efeito, ou seja, quanto maior o consumo, maior o risco de desenvolver esta doença.

Dieta mais saudável: Consumir mais frutas, vegetais, fibras, alimentos derivados de soje e rico em vitamina A. Preferir óleo de oliva para temperar saladas. Uma dieta rica em peixe parece também ter um efeito protetor para o câncer de mama.

Realizar atividade física: Fazer exercícios físicos regulares tem sido considerada fator de proteção contra o câncer de mama e ajuda a manter um peso saudáve. Mulheres que se exercitam de uma a três horas por semana reduzem seu risco de câncer de mama em 30% comparativamente às sedentárias e, aquelas que praticam atividade física 4 horas por semana reduzem o risco em 50%. Assim, idealmente, os exercícios físicos devem ser realizados pelo menos 3 vezes por semana para diminuir o risco de câncer de mama.

Amamentar: A amamentação exerce efeito protetor em relação ao câncer de mama. Quanto mais tempo você amamentar, menor o risco de desenvolver esta doença.

Uso cauteloso da terapia hormonal, evitando o seu uso por período prolongado.

Detecção precoce do câncer de mama

Auto exame
É a auto-inspeção de seus seios. Você deve utilizar os seus olhos e mãos para observar a aparência e a consistência de seus seios. Enquanto demonstrou-se que as mamografias podem salvar vidas, não ha evidências que os exames de mama podem fazer isto. No entanto, é importante que você esteja familiarizado com a consistência e aspecto dos seu seios e observar quando ocorrer mudanças neles.

Acompanhamento com um ginecologista experiente

Mulheres entre 20 e 40 anos de idade devem ser submetidas anualmente a um exame físico das mamas por um ginecologista experiente. Acima de 40 anos de dade, além do exame físico anual, você deve realizar mamografias.

Mamografia
A mamografia é o exame de escolha para detecção precoce do câncer de mama e que comprovadamente reduz a taxa de mortalidade para deste tumor. A partir dos 40 anos, a mamografia deve ser realizada a cada 2 anos. Após 50 anos de idade, este exame deve ser efetuado anualmente. Em mamas mais densas, geralmente em pacientes mais jovens, às vezes é necessário a complementação do exame com o USG de mamas.

Atençao especial deve ser dada aquelas mulheres com os chamados “Fatores de risco” para câncer de mama porque nessas a ocorrência da doença é maior e por isso exige um cuidado diferenciado Em casos selecionados, para mulheres com mutação do gene BRCA 1 e BRCA 2, o acompanhamento deve ser diferenciado, além de se oferecer outras opções de prevenção do câncer de mama como a retirada das mamas e dos ovários profilaticamente.