Artigos
   

    Cisto de Ovário : Tratamento, Diagnostico, Cirurgia

Fiz uma ultrassonografia a apareceu um cisto no ovário, e agora?

A primeira coisa a se fazer com um exame de ultrassonografia alterado é passar por uma consulta médica completa com o ginecologista. Ele vai fazer algumas perguntas em relação à menstruação, uso de anticoncepcionais, além de realizar exame físico e solicitar exames de sangue.


Mas o que é o ovário?

As mulheres apresentam dois ovários, que são os responsáveis pela produção dos hormônios femininos e pela ovulação. Eles são muito importantes para definir as características femininas às mulheres e para a reprodução.


E o que é cisto de ovário?

O cisto de ovário é o crescimento exagerado de algumas células do ovário, com formação de líquido dentro deste cisto. Os cistos podem ser benignos e malignos.


Todo cisto de ovário deve ser operado?

Não. Toda mulher pode apresentar cisto de ovário dependendo da fase do ciclo menstrual em que se encontra. Existem por exemplo cistos benignos que aparecem geralmente até 14 dias antes da menstruação que se repetirmos o exame de ultrassonografia após a menstruação, desaparecem.


O anticoncepcional pode ser um tratamento para o cisto de ovário?

Depois de uma avaliação criteriosa do ginecologista, alguns cistos de ovário podem ser tratados com anticoncepcionais utilizados por até 03 meses com repetição do exame de ultrassonografia após este período para reavaliação.


Então quando um cisto de ovário deve ser operado?

Para indicar cirurgia ou não o ginecologista avalia alguns parâmetros da ultrassonografia como, por exemplo, o tamanho do cisto, se existe componente sólido dentro dele e a presença de líquido livre no abdome. Além disso, é muito importante valorizar os sintomas da paciente como dor, sangramento aumentado e realizar alguns exames de sangue chamados marcadores tumorais. Baseado nessa análise criteriosa deve ou não ser indicada a cirurgia.


Qual o melhor tipo de cirurgia?

O cisto de ovário pode ser operado também por corte igual ao de cesárea, mas o mais indicado é a cirurgia Vídeo-laparoscópica, realizada através de alguns pequenos cortes de 1,0 cm no abdome. Essa cirurgia que é minimamente invasiva é a mais indicada para operamos o cisto de ovário.


Tenho que retirar o ovário inteiro?

Na cirurgia Vídeo-laparoscópica tentamos sempre preservar o ovário e retirar apenas o cisto. Nas raras vezes em que é necessária a retirada total de um ovário, o outro ovário que fica é suficiente para cumprir a sua função de produzir hormônios e de reprodução.


Tenho que fazer algum tratamento complementar?

Nos casos de cisto de ovário malignos, há necessidade de realizar tratamento complementar, por exemplo, com a quimioterapia.


Tenho chance de voltar a ter outro cisto de ovário?

Infelizmente sim. Nos casos de cirurgia em que preservam os ovários, estes podem voltar a apresentar cistos no futuro. Dependendo do tipo de cisto, o uso de anticoncepcionais pode prevenir a sua recorrência.